Medicina do Trabalho: quem são os profissionais aptos a exercê-la?

Medicina do Trabalho: conheça 07 profissionais que compões suas atribuições.

Medicina do Trabalho é também chamada como Medicina Ocupacional ou Segurança ocupacional. São 07 o número de profissionais que executam as funções relacionadas a esta profissão. Normalmente, as demandas são relacionadas a um dos casos abaixo:

  1. Elaborar o PPRA (Programa de Prevenção de Riscos Ambientais);
  2. Elaborar o PCMSO (Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional);
  3. Elaborar o LTCAT (Laudo Técnico das Condições Ambientais do Trabalho);
  4. Realizar os exames médicos e exames complementares;
  5. Emitir o Atestado de Saúde Ocupacional cuja sigla é ASO;
  6. Realizar os exames periódicos.

 

1- Médico do Trabalho

Para atuar como médico do trabalho, é necessário fazer a faculdade de medicina (6 anos) e, devida a alteração da NR 4, portar o RQE (Requerimento de Especialista).

As formas de obtenção são:

  1. Residência Médica de 2 anos reconhecida pelo MEC (Ministério da Educação e Cultura).
  2. Aprovação em Concurso de Título de Especialista promovido pela ANAMT (Associação Nacional de Medicina do Trabalho), com regras próprias como tempo de atuação na área.
  3. Os cursos de especialização em medicina do trabalho, que eram em geral de 1 ano, não mais preenchem o requisito da NR4 como era no passado.

2- Enfermeiro do trabalho

O Enfermeiro do Trabalho precisa, obrigatoriamente, cursar uma faculdade de enfermagem de 4 anos e depois uma especialização em Medicina do Trabalho.

3- Técnico em Enfermagem do Trabalho

Este profissional é formado em segundo grau (título de técnico) em enfermagem para hospitais e clínicas. Depois, completa mais um ano focado em Medicina do Trabalho. Normalmente é o responsável pelo ambulatório de uma empresa com número alto de colaboradores.

4- Ergonomista

Este profissional é responsável por acompanhar ativamente os colaboradores em cada atividade que necessite vigiar a postura.

5- Técnico em Segurança do Trabalho

Sua função é verificar e constatar falhas nos campos da saúde, segurança e higiene no trabalho, listando e apresentando aos responsáveis por aperfeiçoarem os Programas de Prevenção de Acidentes.

Abaixo, alguns exemplos de suas funções:

– Identificar as necessidades nos campos da saúde, como atividades de postura, ergonomia;
– Avalia a segurança no ambiente de trabalho;
– Mede o nível de higiene nos locais de trabalho;
– Analisa áreas de combate a incêndio e saídas de emergência.

6- Auxiliar de enfermagem e segurança do trabalho

Desempenha as mesmas funções exercidas em um hospital. No caso, assume o ambulatório para medir sinais vitais, fazer curativos ou aplicar medicamentos.

7- Engenheiro em Segurança do trabalho

O Engenheiro em Segurança do Trabalho é o responsável em fornecer ao Médico informações sobre o ambiente de trabalho.

Durante sua atividade, o Engenheiro assessora o médico medindo índices de ruído, poeira, umidade, calor, luz, poluição, vibração, agentes químicos, entre outros para que o médico trabalhe programas sugeridos, mantendo a saúde e bem estar do colaborador.

Quer saber mais sobre assuntos relacionados à segurança e meio ambiente? Acompanhe nosso blog Soul News e fique por dentro! Ou então, acesse nossos Facebook.