Medicina e segurança do trabalho

Um ambiente de trabalho seguro e agradável não é uma questão opcional, é lei. As empresas têm a obrigação de seguirem precauções para que a saúde e a segurança do trabalhador sejam garantidas, além de providenciarem uma infraestrutura adequada para que todas as necessidades de seus colaboradores. 

Na CLT (Consolidação das Leis de Trabalho) há um capítulo sobre medicina e segurança do trabalho, e apesar de serem áreas conectadas e complementares, são bem diferentes. A Medicina do Trabalho age para que a saúde a qualidade de vida do trabalhador seja mantida, já a Segurança de Trabalho assegura a integridade física.  

O que é Segurança do Trabalho 

É o composto de atividades e reconhecimento, avaliação e controle dos riscos, sendo isto a prevenção dos acidentes de trabalho. São práticas técnicas adotadas para prevenir, ou até eliminar riscos à segurança e integridade física dos trabalhadores. 

Seu objetivo é visar a proteção do trabalhador em relação à riscos inerentes à função (contaminação por materiais biológicos ou químicos, acidentes com máquinas, etc.) ou genéricos, como choques, incêndios ou outros. 

Meios para efetivar a Segurança do Trabalho 

– Fiscalizando os locais de trabalho, identificando e tomando providências para reduzir ou eliminar situações de risco; 

– Entregar e orientar a respeito de EPIs (Equipamentos de Proteção Individuais); 

– Treinar os trabalhadores em relação às medidas de segurança, higiene, ergonomia, uso de máquinas e equipamentos; 

– Criar planos para lidar com emergências possíveis, como incêndios, alagamentos e outras catástrofes; 

– Elaborar PPRA (Programa de Prevenção de Riscos Ambientais), PCMSO (Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional), LTCAT (Laudo Técnico de Condições Ambientais do Trabalho), PPP (Perfil Profissiográfico Previdenciário), Análise Ergonômica dos postos de trabalho e Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros. 

O que é Medicina do Trabalho? 

Tem como foco a preservação da saúde do trabalhador, especialmente as referentes a doenças ocupacionais/profissionais, realizando diagnósticos, prevenções e tratamentos de doenças pelo ambiente ou pelo trabalho. 

Seu objetivo é garantir e preservar a qualidade de vida do trabalhador e a manutenção de sua de sua saúde física, mental e social, e também apoiar o colaborador doente ou acidentado. 

Esta área também é responsável pela avaliação de capacidade laborativa do trabalhador para exercer as funções contratadas, que acontece através de exames médicos obrigatórios (admissionaldemissional, periódicos, mudança e retorno ao trabalho). 

Quer saber mais sobre assuntos relacionados à segurança e meio ambiente? Acompanhe nosso blog Soul News e fique por dentro    

Confira novidades em nosso Facebook